quinta-feira, 4 de abril de 2013

Resenha - Garotas de Vidro



“Lia e Cassie são amigas há anos, ambas congeladas em seus corpos. No entanto, em uma manhã, Lia acorda com a notícia de que Cassie está morta, e as circunstâncias de sua morte ainda são um mistério. Não bastasse isso, Cassie tentara falar com Lia momentos antes, para pedir ajuda. 
Lia tem de lidar com o pai, que é um renomado escritor, sua madrasta e a mãe, uma cardiologista que vive ocupada, salvando a vida dos outros. Contudo, seu maior tormento é a voz dentro de si mesma, que não a deixa se esquecer de manter o controle, continuar forte e perder mais, sempre perder mais, e pesar menos. Bem menos.”





Lia acaba de saber que sua (ex) melhor amiga Cassie foi encontrada morta sozinha em um quarto de motel. Além da perda, algo a atormenta bastante: O fato de Cassie ter ligado para ela 33 vezes na noite de sua morte, e ela não ter atendido sequer uma ligação. Seu mundo desmoronou.

Ambas possuem (ou possuiam, no caso) disturbios alimentares. Lia, anorexia*, e Cassie, bulimia*. Passar longos períodos sem comer faz parte da rotina de Lia, afinal, ela é extremamente magra gorda. A culpa agora também faz parte de Lia, e por consequência, ela começa a ver o fantasma de sua amiga.

Até que um dia ela recebe uma ligação. Um homem. Um estranho. As respostas que precisa estão com ele, pois ele estava lá. Ela quer ajudar sua amiga, ela quer se ajudar. Mas como? A verdade nem sempre é o que enxergamos.

**Anorexia: É uma disfunção alimentar caracterizada por uma rígida e insuficiente dieta alimentar, ou seja, basicamente, a pessoa "para" de comer, e isso afeta em seu organismo.** **Bulimia: é uma doença na qual uma pessoa exagera na ingestão de alimentos ou tem episódios regulares em que come em excesso e sente perda de controle. Dessa forma, a pessoa afetada usa vários métodos, como vômitos ou abuso de laxantes, para impedir o ganho de peso.**





Bem, o livro retrata um problema que "ataca" muitos adolescentes de uma maneira bem real, e é isso que é o atrativo do livro ao meu ver. Lia quer ser magra a todo custo, e por isso acaba se 'perdendo'.

A história não é nada surpreendente ou surreal, não tem um desfecho inacreditável como a maioria dos livros atuais, pois simplesmente conta a verdade, conta o que acontece realmente. É basicamente a narração da vida de uma garota problemática... Lia, no caso.

Então, recomendo esse livro sim, mas sempre avisando que não é surpreendente, mas que vai ficar atacando a sua mente e voltando por algumas noites.


Narração4/5 – Em primeira pessoa, por Lia.
Descrição5/5 – Ótimo, locais e personagens bem descritos, sem muita enrolação e sem deixar muito cansativo.
Revisão: 4/5 – Apenas alguns erros de pontuação na edição.
Diagramação5/5 – A letra tem um tamanho agradável, nem tão grande nem tão pequena.
Capa: 5/5 – Eu realmente amei essa capa. É azul, brilhante em alguns lugares. Particularmente não gosto de livros com rostos de modelos, mas esse ficou show.

Resenha por Pedro Leão

8 comentários:

The time: me and the time / By: Leandro Ruiz disse...

"Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade."

Mario Quintana

Abraço!

Leandro Ruiz

=> Blog >>> The time: me and the time

=> You tube >>> thetimemeandthetime

Kelry Caroline disse...

Já tinha visto resenhas do livro, e gostei bastante! A capa é muito bonita, e a historia me chamou atenção pelo fato de mistérios e etc.

La Mademoiselle disse...

Oi,

já li esse livro e amei! A narração é incrível e a trama, apesar de não surpreender, prende muito o leitor! Ótima resenha!

Bjs

Hanna Farias disse...

Li esse livro logo que ele foi lançado e o que me chamou a atenção foi o fato da história tratar de um assunto tão polêmico como a anorexia e a bulimia.
Esse é um livro pra fazer você repensar a sua vida, o livro que assombra você de noite, eu particularmente passei dias pensando nele, foi quase impossível largar ele, pois estava muito envolvida pela história e queria saber se a Lia ia conseguir vencer ou não a doença.
Gostei muito desse livro, foi uma leitura bem diferente das que eu costume ler.
Ótima resenha.
Beijos

Jullyane Prado disse...

Esse livro parece ser muito bom, quero ler ele, é só eu terminar uns que estou lendo rsrs, me chamou muito atenção e parabéms pela resenha!!

Amanda Péres disse...

A capa é mesmo linda e quase me convenci a ler com sua resenha mas o tema do livro não me chamou atenção. =/

Geovanna Ferreira disse...

É um livro interessante, profundo, li e gostei, mas durante toda a leitura fiquei desconfortável, é um tema difícil, muitas vezes não compreendi Cassie, parece sem nexo o que ela faz com ela mesma!

Raquel Moritz disse...

Se não me engano esse livro saiu numa lista essa semana de 'Sick Lit' (sempre tão inventando coisas novas, hehehe) e me interessei pela história. Um amigo meu só compra os livros lá na segunda edição, porque não gosta de ter erros na edição dele (e a primeira sempre tem algo), vê se pode! Hehehe

Beijo!

Raquel
www.pipocamusical.com.br

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...