quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Resenha - Garota Tempestade


Mesmo tendo passado a vida inteira na pequena e conservadora cidade de Rockabill, Jane True, 26 anos, sempre soube que não se encaixava numa sociedade pretensamente normal. Durante um de seus clandestinos nados noturnos no mar congelante, desafiando um perigosíssimo redemoinho, uma descoberta terrível leva Jane a revelações surpreendentes sobre sua herança genética: ela é apenas meio-humana. Agora, Jane precisa penetrar um mundo de mitos e lendas, povoado por criaturas sobrenaturais, aterrorizantes, belas e até mortais. Características que também descrevem perfeitamente Ryu, seu novo “amigo” -- um vampiro poderoso, deslumbrante e hummm, aiii... muuuito SEXY. Nesse mundo, onde há um goblin advogado, um espírito de árvore maquiador, um súcubo dona de boutique, elfos diabólicos, homens inflamáveis, seres híbridos que se transformam em animais selvagens, nada é presumível. Que dirá um romance ao molho pardo. Mas atenção, nunca, nunca mesmo, esfregue a lâmpada do gênio. Entretanto, alguém está matando meio-humanos como Jane. A pergunta que não quer calar é: os assassinatos são fruto de uma mente doentia ou há um plano macabro para exterminá-los? 

Jane True tem 26 anos e mora em Rockabill. Ela morou lá sua vida, e pretendia continuar lá até a morte. Trabalhava na livraria Morrer de Ler, pois as donas eram suas melhores e únicas amigas. Por culpa de um acidente que tirou a vida de seu namorado, e a estranha chegada de sua mãe a cidade, Jane sofre muito preconceito pelos moradores. A maioria das pessoas acha que ele estava envolvida com a morte do namorado, então a  ignoravam o máximo possível.

Certo dia, ela ve um homem entrando na livraria e acha ele muito bonito. O homem chegou em Jane, cumprimentou ela e a amiga de Jane se retirou. Ela conversou com o estranho homem que lhe contou a verdade. Jane não era humana... Não totalmente. Sua mãe era um ser que vivia no mar e ela era uma híbrida. Jane sempre amou nadar no mar agitado, mas não imaginava que fosse algo dessa dimensão.

Logo, alguns seres começaram a ser mortos na cidade, e algumas dicas indicam que Jane seria a próxima. Agora eles tem que lutar e fazer de tudo para achar o assassino e salvar Jane desse destino cruel.



"Garota Tempestade" é o primeiro livro da série Jane True e vale muito a pena ser lido.
Olhando para a capa, temos ideia de um livro infantil, porém não tem NADA de infantil! Ele é recheado de palavrões e cenas de sexo, e a capa engana um pouco. Tudo na capa tem um sentido quando você está lendo o livro, mas faz uma falsa propaganda do conteúdo. Claro que o livro foi melhor que as minhas expectativas por culpa da capa, e deveriam mudar.

A autora escreve sobre muitos seres sobrenaturais, e alguns novos. Gostei disso, e achei a leitura empolgante. Porém, achei o livro um pouco parado. 
Mas as cenas de comédia compensam muito! Ri muito lendo o livro.
O livro é narrado por todas as partes de Jane... Melhor dizendo, Jane é a narradora do livro, mas ás vezes sua "libido" vem a tona e diz o que pensa antes de ser calada por Jane. Vale a pena!



8 comentários:

Lucas Souza disse...

Oiiie André (:
Eu achei a capa atrativa justamente por parecer infanto juvenil, um gênero que eu adoro :(
Mas mesmo assim minha vontade continua viva, porque eu adoro história sobrenaturais !
Abç
http://descobrindolivros.blogspot.com.br/2013/02/resenha-ilusoes.html

Nizete disse...

Olá André, gostei da capa, amei a historia e adorei sua resenha.
Achei interessante, gosto de livros fantasias, ainda mais quando o ser sai do padrão Anjos e vampiros..^^

Bela dica.
Bjos
Ni
Cia do Leitor

Paty M. Castro disse...

Confesso que quando vi a capa a primeira vez eu achei que não seria um livro bom, mas então lembrei da capa de Harry Potter e Percy e percebi que tinha que conhecer mais do livro, ao ler as resenhas, amei, adoro seres sobrenaturais e gostei do fato de ela não ser tão jovem, desconfio que Ryu não seja um vampiro bonzinho e já amei Anyan.

Fernanda Artesanatos disse...

Gostaria muito de ler esse livro, ele parece ser bom. Adoro livros assim de fantasia
A resenha ficou ótima e a capa é linda!

Anônima disse...

Realmente a capa parece ser algo infanto-juvenil, quero ler. Otima resenha.

lidi disse...

Ja tinha ouvi falar desse livro, gosto muito historias desse tipo, ja li o 1° capitulo e fiquei bem curiosa para ler o resto só não gosto muito da capa

Kelry Caroline disse...

A capa parece um pouco infantil, mas depois de ler algumas resenhas, percebi que não tem muito haver com o livro em si, essa mistura que é esse livro chama bastante minha atenção.

Marliane Paula disse...

Ótima resenha,estou louca para ler espero ler logo pois gostei muito.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...