sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Resenha - O Clã dos Magos



Todos os anos, os magos de Imardin reúnem-se para purificar as ruas da cidade dos pedintes, criminosos e vagabundos. Mestres das disciplinas de magia, sabem que ninguém pode opor-se a eles. No entanto, seu escudo protetor não é tão impenetrável quanto acreditam. Enquanto a multidão é expurgada da cidade, uma jovem garota de rua, furiosa com o tratamento dispensado pelas autoridades a sua família e amigos, atira uma pedra ao escudo protetor, colocando nisso toda a raiva que sente. Para o espanto de todos que testemunham a ação, a pedra atravessa sem dificuldades a barreira e deixa um dos mágicos inconsciente. Trata-se de um ato inconcebível, e o maior medo da Clã de repente se concretiza: uma maga não treinada está à solta pelas ruas. Ela deve ser encontrada, e rápido, antes que seus poderes fiquem fora de controle e destruam a todos. 


Sonea mora nas favelas de Imardin com seus tios e no dia da purificação, que acontece todos os anos. Lá, a mando do rei, o clã dos magos mantem a cidade "limpa" de ladrões, mendigos e vagabundos. Sonea, ao arremessar uma pedra na direção dos magos reunidos, que se escondem por trás de escudos criados por magia, acerta-a na têmpora de um deles. Mas a única coisa que poderia atravessar estes escudos é a magia. Então, ela descobre ser uma coisa que nunca imaginara poder ser: Uma maga.

A notícia logo se espalha por toda a Imardin, e o clã necessita ficar a frente disso, por que sendo Sonea uma maga que teve seus poderes 'libertados' de uma forma natural, sem a ajuda de outro mago, eles podem ficar incontroláveis, fazendo-a destruir tudo a sua volta. Então, o mago chamado Rothen, assume a responsabilidade de encontrá-la, e educá-la no clã.

Tomada pelo medo, Sonea com a ajuda de Cery, tenta se esconder de todas as formas do clã, vivendo muitas aventuras ao lado de seu grande amigo.





A narração é em terceira pessoa, que se alterna entre Sonea e os magos. Uma das coisas que não gostei foram as gírias usadas no livro. Eu não sou contra uma giriazinha aqui ou ali, mas direto também não é legal, mesmo querendo fazer com que a história fique mais real... pra mim, 'deforma' o livro. Mas essa não é uma desculpa para não ler esse livro! Outro ponto negativo foi que houve muita enrolação e repetição, o volume ficou muito grande para a história, que poderia resumir-se em cerca de 200 páginas... um pouco mais até, mas não chegava a tantas.

Bem, apesar de tudo isso, O Clã dos Magos é bem legal, e recomendo sim que todos leiam, pois da mesma forma que tem pontos negativos, tem seus positivos.

A Trilogia do Mago Negro foi criada por Trudi Canavan, e todos os três livros já foram lançados nos EUA, basta esperar agora no Brasil né?



Narração: 4/5 -  Narração em terceira pessoa. Boa! Apresenta os pensamentos de cada personagem.
Descrição: 5/5 - Lugares e pessoas muito bem descritos.
Revisão: 4/5 - Só alguns erros, principalmente de pontuação.
Diagramação: 4/5 - Normal
Capa: 5/5 - Eu achei essa capa linda! O símbolo por trás do mago negro... o mago também ficou show! Linda! 


                                                                                  

7 comentários:

Vanessa Vieira disse...

Parabéns pela resenha Pedro! Estou ansiosa para ler O Clã dos Magos! Abraços!

www.newsnessa.com

Ana Paula Monteiro disse...

Estou louca para ler esta história, já que gosto bastante desse gênero de literatura. Parece ser bem empolgante. Você não foi o único a se queixar de tantas gírias nas resenhas que já li. Valeu pela resenha.

La Mademoiselle disse...

Oi,

tenho esse livro, mas ainda não o li... Também não sou muito fã de gírias em livros e também não gosto de livros enrolados, mas com certeza vou ler Clã dos Magos!

Bjs

She disse...

Oi!
Amei o nome do livro e a capa achei fantástica, passa um ar de mistério que sempre me encanta. Seu post está ótimo!
Beijo, beijo!
She

Yasmim Burguês disse...

Ótimo post, espero q eu ganhe ec livro e faça a minha própria resenha!
=]

Christian Santos disse...

Realmente a capa é linda.
Adorei a resenha, sempre via este livro na livraria. mas nunca o abri ou mesmo cheguei a toca-lo.
Na próxima darei uma olhada melhor nele.

Beijos.

diegordss disse...

Legal a resenha, já estou começando a ler este livro. Desanima um pouco por ser muito grande mas como eu adoro este tema abordado vai ser moleza, abrc!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...